Orlistat: Bula, Indicação, Efeitos Colaterais, Como Usar

Cecilia Duarte 2019-03-18 21:28:04 às 04:12 Cecilia Duarte
Orlistat: Bula, Indicação, Efeitos Colaterais, Como Usar

Confira Aqui As Principais Informações Sobre a Orlistat: Uma Medicação Indicada Para o Emagrecimento. Saiba Tudo Sobre os Possíveis Efeitos Colaterais, Métodos de Uso e Demais Indicações.

A Orlistat é um remédio de caráter emagrecedor que atua combatendo o sobrepeso e obesidade. A medicação age na potencialização do exercício da serotonina, uma substância neurotransmissora. Estes elementos são produzidos por elementos celulares nervosos – neurônios – que se comunicam entre os demais.

A função da Orlistat é a fixação de específico tipo da recepção de serotonina. Em relação a isso, a região cerebral responde como se a serotonina fixasse ali. Um dos elementos influenciado pelo quantitativo da serotonina é a sensação de saciedade.

Por isso, o medicamento promove o aumento de tal sensação. O paciente se sente mais satisfeito com muito menos alimentos.

Orlistat: Quais as Indicações?

O remédio é específico para o emagrecimento, recomendado para tratar a obesidade, com venda comercial pelo nome de Xenical.

A medicação é um elemento que age na região cerebral, de maneira a inibir o apetite e acelerar a função metabólica, tendo a capacidade de trazer excelentes resultados para aqueles que desejam o emagrecimento de forma rápida.

Porém, só deve ter o uso com recomendação clínica, em virtude da prescrição que só ocorre a partir do receituário médico. A utilização do medicamento, em questão, não faz a exclusão de alimentação balanceada e exercícios físicos.

Outras vantagens do medicamento correspondem ao controle de:

pressão arterial;
triglicérides;
colesterol total;
glicemia do jejum;
frequência do cordação;
insulina;
auxílio para tratar a dependência do cigarro;
Apresentações de Orlistat
Este remédio está disponível pela seguinte apresentação:

Efeitos Colaterais de Orlistat


Apesar de se tratar de um remédio excelente para perder peso, esta substância pode proporcionar alguns efeitos colaterais. Tais reações podem ser graves e prejudiciais à saúde, portanto o uso desta medicação é estritamente através de recomendação médica. Entre os efeitos mais frequentes, estão:

Cefaleia;
Tonteira;
Fadiga;
Enjoo;
Secura na boca;
Intestino preso;
Tosse;
Dores nas costas;
Inquietação;
Alucinação;
Delírio;
Embaralhamento;
Dificuldades na coordenação;
Contrações nos músculos;
Arritmia cardíaca;
Hipertensão ou hipotensão;
Suor excessivo;
Febres;
Vômitos;
Patologia no coração;
Braços inchados;
Pés inchados;
Pernas inchadas;
Memória fraca;
Falta de atenção;
Depressão.


Contraindicações de Orlistat


Indivíduos que fazem uso de demais medicações que causam a elevação das taxas da serotonina na região cerebral ou que façam a ativação de receptores não devem usar o medicamento.

Isto porque os efeitos adversos podem ser intensos. Os remédios são utilizados para tratar a enxaqueca e a depressão.

Ainda, a contraindicação é para os seguintes grupos:

crianças;
grávidas;
lactantes;
idosos.
Orientações Antes de Fazer Uso de Orlistat
Antes de fazer o uso da medicação, fale com o seu médico. Em caso de amamentação ou gravidez, é preciso comunicar ao especialista também, bem como as seguintes condições:

problemas cardíacos;
problemas renais;
diabetes;
leucemia;
anemia falciforme;
mieloma múltiplo;
problemas no fígado;
deformações no pênis ou se, em algum momento, apresentou ereção maior de 4h;
ingestão de outros remédios sem prescrição e receita médica;
ingestão de suplementações;
ingestão de vitaminas.


Em período de tratamento com o remédio, é preciso cuidar a direção de máquinas e veículos, porque o mesmo pode prejudicar a capacidade de se concentrar e de ter atenção.

Administrar o medicamento não faz a exclusão da necessidade de manter uma dieta balanceada, a prática de atividades físicas regulares e costumes de vida que sejam saudáveis.

O tratamento com o remédio não deve sofrer interrupção sem antes o consentimento do médico, bem como a dosagem, horário e tempo de tratamento. Ainda, se depois de doze semanas do tratamento, o peso não for eliminado pelo quantitativo de, pelo menos, 5% do peso de início, o tratamento deve ter a interrupção. Neste caso, deve-se considerar novas opções de tratamento.

Como Usar a Orlistat?


A dosagem para administração deste medicamento é conforme orientação médica, que irá avaliar cada caso. Entretanto, a recomendação, normalmente é de:

1 comprimido de 12 em 12h.


O resultado do tratamento – emagrecimento – surge após 3 meses de utilização com este medicamento. Se não houver perda de peso após este tempo, o uso deve ser interrompido.

Juntamente do tratamento com esta medicação, deve ser feita a prática de exercícios físicos diariamente, além de uma boa alimentação.

O comprimido precisa ser ingerido junto com água, não podendo ser partido ou mastigado.

Orlistat é Fitoterápico?


São medicamentos fitoterápicos todos aqueles retirados de produtos naturais e que, normalmente, não proporcionam reações adversas, além de apresentarem pouquíssimas contraindicações.

Desta forma, o medicamento em questão não é um fitoterápico, pois não é natural e sim um fármaco controlado e vendido somente com prescrição médica, devido aos seus inúmeros efeitos colaterais.

A automedicação pode prejudicar a saúde que, em determinadas situações, já se encontra debilitada. Consulte o especialista de Medicina e siga à risca todas as recomendações. Faça exames periódicos e mantenha a saúde em dia! Saúde em primeiro lugar!

FONTES:

https://dietaedicas.com/orlistat

 

Compartilhe!

Link: (Copie e cole em Blogs, E-mail. etc...)
Denunciar Post (clique AQUI)

Não é permitido posts com notícias falsas, pornografia, racismo, apologia às drogas e violência, ou qualquer outro tipo de conteúdo que viole as leis vigentes no país!

emagrecer